Mandalas e seus significados

Se está procurando saber tudo sobre mandalas e seus significados tenho que lhe dizer que chegou na página certa. A mandala, conhecida com a sua definição de círculo mágico, assim como espaço em que há concentração de energia, é vista em diversos lugares, porém devido ao grande número de significados dados a ela, acaba deixando algumas dúvidas.

É preciso entendê-la como geradora de harmonia, uma vez que, os seus desenhos incluem cores específicas, assim como linha e formas, que proporcionam essa especificação.

Há muitos anos atrás, ela era considerada também por tradições religiosas. Inclusive para o Budismo, ainda é símbolo fundamental, consideradas sagradas. O lado espiritual, por exemplo, é muito levado em consideração quando em posse dos monges. Alguns cenários mundiais conhecidos pela sua arquitetura também possuem detalhes que incluem mandalas. Diversos povos, das mais variadas tradições, as criam.

significado de mandala vermelha

Quais são as principais formas e cores das mandalas?

A mandala é formada por sua totalidade geométrica. Normalmente, há inclusive formas específicas mais utilizadas, que são o círculo, que transmite energia, hipnotizando quem o vê, e o quadrado, que representa o equilíbrio. A curva na mandala, por exemplo, representa o lado emocional, assim como as retas, o racional.

A complexidade delas também se altera de acordo com o seu modelo e até aonde são desenhadas. Isso porque, as mais tradicionais, como as feitas em papel, não são mais as únicas, como antes. Hoje, inclusive grandes edifícios já possuem o desenho da mandala, assim como diversos tecidos específicos.

Mas afinal: existem regras de cores ou formas? Não. A pessoa que estiver criando a mandala fará as suas escolhas, que variarão de acordo com o que ela, naquele momento, deseja representar. Por isso que, muitas vezes, para alguns uma mesma cor pode significar diversas coisas. Porque o azul usado na criação de hoje pode ter outro significado quando inserido na criação de amanhã, mesmo tendo a cor exatamente igual.

O vermelho representa os estímulos a serem alcançados com a mandala, normalmente ligados à sensualidade, à força da cor. O objetivo de utilizar a cor é afastar tudo que dá a ideia de algo monótono e sim, trazer vida ao desenho. Já o amarelo visa ser perspicaz e trazer ar à criatividade visual. Laranja tenta mexer com a ideia de reconstruir, usado muitas vezes para explicar um processo que antes estava inacabado, mas que foi superado.

Já o verde é explicado como a cor que equilibra toda a figura, assim como o azul, que também o faz, porém também combate a visão de estresse. O índigo diminui possibilidades de pensamentos negativos, enquanto violeta limpa possibilidades de ambientes com maus fluidos. O rosa representa harmonia quando adicionado à mandala.

Outro ponto fundamental que envolve as formas e cores está no fato da interpretação dessas duas coisas. Uma mandala, normalmente terá uma interpretação feita por quem a criou e outra por quem a observará, uma vez que, a menos que ela seja explicada pelo seu criador, quem a vê não consegue definir todos os sentimentos trazidos pelo artista. Muitas pessoas desenham mandalas inclusive apenas com o intuito de relaxar, nem sempre precisa ter um significado claro.

Portanto, antes de iniciar a criação da sua própria mandala, é importante que se pense se o objetivo é apenas cria-la para si ou se deseja um significado a quem a visualizá-la. Diversas pessoas, por exemplo, criam com objetivos muitos específicos. Um exemplo disso é que a técnica é utilizada em hospitais para que crianças e adultos com câncer possam aprender a técnica com o intuito de concentração, habilidades motoras e ainda, expressarem as suas queixas e dores. Justamente por conta disso, por criações próprias e muito individuais, elas se tornam tão únicas e específicas.

mandalas azuis significados

Existem muitos benefícios relacionados à mandala?

Além da sua definição, que automaticamente já cita o quanto a questão da energia envolve as mandalas, elas são vistas por cada pessoa, povo, cultura, de uma forma, tendo quase cem por cento de conceitos positivos. Quando se fala do lado espiritual, por exemplo, ela é considerada como um ponto de equilíbrio, que auxilia as pessoas a encontrarem um norte, uma direção.

E isso é visto principalmente na falta de regras para a sua criação. Como traz uma ideia de paz, não existem restrições quando o assunto é quem vai criá-las: qualquer um pode. E, segundo pesquisas, a produção do seu desenho já traz a quem estiver o fazendo, tranquilidade.

A concentração é um dos benefícios mais presentes na sua criação. Isso porque, como a mandala é composta por muitos detalhes, automaticamente é necessário total atenção ao criá-la e isso faz com que, cada pessoa, tenha que se concentrar ao máximo naquilo que está produzindo.

Links úteis:

Você já imaginou aprender tudo sobre elas, entender a fundo as mandalas e seus significados e cores e produzir as mais variadas mandalas, com técnicas específicas e que trazem diversas opções de interpretação? Acesse o link abaixo agora e conheça a técnica de forma específica.

>>Ver mais sobre Mandalaterapia<<

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 Avaliação, Simpatia com: 3,00 estrelas num máximo de 5)
Loading...

Deixe um comentário